Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Vereador é acusado de fazer transporte ilegal de tartaruga em viatura da PC em Eirunepé


O vereador de Eirunepé, Fredson Alves Pinheiro (PMN), foi mais uma vez alvo de denúncias em seu município, desta vez por suposto crime ambiental. O parlamentar, que também é policial civil, está sendo acusado de transportar ilegalmente animal silvestre em viatura da Polícia Civil (PC).

De acordo com a denúncia, feita por populares que registraram a ocorrência, mas não quiseram se identificar por medo de represálias, uma vez que o vereador possui fama de agressividade, Fredson foi visto embarcando uma tartaruga de grande porte no veículo oficial da PC. As acusações foram comprovadas com fotografias.

Ainda segundo a denúncia, o animal teria vindo do município de Itamarati e teria origem ilegal. Nas imagens, o parlamentar é visto de bermuda e camisas pretas e tênis. A ocorrência foi registrada no último dia 7 de dezembro.

A PC de Eirunepé e a Secretaria de Meio Ambiente do município informaram que não houve nenhuma apreensão ou ocorrência que justifique o transporte do animal na viatura.

Histórico – Fredson é conhecido no município por ser alvo de diversas denúncias. Em 2018 ele foi alvo de um pedido de cassação do cargo de vereador, feito por um advogado, que mora em Manaus. A denúncia o avisa de receber como Investigador de Polícia mesmo exercendo o mandato de vereador do município. O acúmulo de função seria indevido por causa da incompatibilidade de horários.

Pela internet, o denunciante acusou o vereador, que está lotado na Delegacia Interativa de Eirunepé, de receber os dois salários, cerca de R$ 15 mil, em dissonância com o que dispõe o Estatuto do Servidor Público Estadual, caracterizando enriquecimento ilícito e improbidade administrativa.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.