BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Números do desmatamento da Amazônia são “péssimos”, diz Mourão



O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, classificou como “péssimos” e “horrorosos” os números que fizeram com que o desmatamento na Amazônia quebrasse recordes para o mês de abril.

Segundo divulgação do Deter, plataforma de alerta de desmatamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), foram 1.012,5 km² destruídos apenas no mês passado. O dado de 2022 representa aumento de 74,5% em relação a 2021.

“Estamos vendo aí onde é que estamos errando. Nós estamos com as ações. Temos a Operação Guardiões do Bioma, que é uma operação conjunta do Ministério do Meio Ambiente com o Ministério da Justiça. Então tem que ver com eles onde é que está tendo a falha”, declarou o vice-presidente nesta segunda-feira (9) ao chegar ao seu gabinete.

Como uma possível justificativa para o aumento no desmate, Mourão afirmou que há pessoas utilizando o período eleitoral para aumentar a invasão sobre a região.

“Não sei, pessoas querendo se aproveitar de um momento, né? Nós estamos num processo eleitoral. Então, vamos dizer, assim, há uma vigilância menor na tese deles. É muita gente operando na ilegalidade”, disse.

Recorde

Os meses de janeiro e fevereiro deste ano também acumularam recordes de derrubada de florestas no bioma.

Segundo especialistas, esses números sinalizam que são grandes as chances de o acumulado no período 2021/2022 levar a Amazônia a superar os 15 mil km² de destruição até julho.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.