BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - DESESPERO – Bolsonaro quer acordo, com medo de perder a eleição e ser preso


Com medo da cadeia e prevendo derrota para Lula, o presidente Jair Bolsonaro (PL) vem negociando nos bastidores, através de emissários, a busca de um acordo por anistia e indulto. Para isso, bolsonaristas procuraram o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Bruno Dantas.

Com trânsito na Esplanada, do Congresso ao STF, ele foi sondado a respeito do 'clima' para um eventual acordo: Alexandre de Moraes, indo para o comando do TSE, poderia enterrar o inquérito das fake news. Em troca, Bolsonaro pararia com ataques às cortes e também abortaria a incitação ao 7 de setembro.

Dantas respondeu que Moraes dificilmente aceitaria o acordo. Interlocutores de Bolsonaro não querem apenas garantir seu foro privilegiado. Eles buscam assegurar uma espécie de anistia a todos os eventuais crimes que o atual ocupante do Palácio do Planalto tenha cometido. Os aliados bolsonaristas ainda querem a garantia de um indulto pelo próximo presidente, tal qual o dado a Daniel Silveira (PTB-RJ) por Bolsonaro.

Medo da derrota

Um magistrado classificou ao blog de Andreia Sadi como "desespero" de setores do governo por uma "trégua artificial" pois, em sua avaliação, o Planalto só está em busca de um acordo por temer a derrota do presidente para Lula.

*

Segundo a última pesquisa Datafolha, Lula tem 55% das intenções de voto contra Bolsonaro, com 35%, em um eventual 2º turno..

A morte da ZFM

Arthur alerta para situação da ZFM

— De passo em passo, estão acabando com a Zona Franca!

O alerta foi feito pelo pré-candidato a senador escolhido em convenção pela federação PSDB-Cidadania no Amazonas, Arthur Virgílio Neto.

*

O ex-prefeito reagiu fortemente nesta segunda-feira (1º) ao novo decreto presidencial que reduz as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de quatro mil produtos em todo país, incluindo alguns segmentos fabricados na Zona Franca de Manaus (ZFM).

Se eu estivesse lá...

A medida foi publicada na última sexta-feira (29.7) e também zerou o IPI dos xaropes de refrigerantes, acabando com a vantagem fiscal das indústrias instaladas no Polo Industrial de Manaus.

...Isso não aconteceria!”

— Nós vamos reagir com dureza, como sempre fiz no passado e farei no futuro. Se estivesse lá [Brasília], isso não aconteceria. Nenhum presidente ousaria tomar tal medida contra o Amazonas porque eu pararia o Congresso na primeira ameaça! –, arregou Virgílio.

Aqui pode tudo

Reconhecido como um dos parlamentares mais combativos do país, tendo entre as principais lutas travadas a preservação da floresta amazônica e a defesa da Zona Franca de Manaus, o ex-ministro de FHC alertou que a redução do IPI aos concentrados vai inviabilizar a permanência das empresas que atuam no Amazonas e que geram oito mil empregos, a maioria na região entre Tefé e Barreirinha.

*

—  É como se fossem cem mil empregos perdidos na indústria automobilística do ABC Paulista. Lá eles não deixam isso acontecer, aqui eles acham que podem –, criticou Virgílio.

Nicolau cutuca

Ricardo Nicolau: recado aos bolsonaristas do Amazonas

Candidato ao governo ao estado, o deputado estadual Ricardo Nicolau mandou um recado aos bolsonaristas da bancada do Amazonas, que, por subserviência ao presidente Bolsonaro, se omitem na defesa da Zona Franca de Manaus.

—  É preciso parar de colocar os interesses políticos acima dos interesses da Zona Franca,  disse o candidato.

Em oturo trecho do dicurso na convenção do Solidariedade, disse:

— Wilson, a população já te julgou. Temos um governo que se fosse falado em uma palavra seria decepção, com medo do presidente da República.

Zona Azul

O sistema Zona Azul Manaus está de volta  o Vieiralves. Nesta segunda-feira o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) trabalhou em caráter educativo, sem cobrança.

Zona Azul 2

De acordo com a Prefeitura, a exemplo do que   ocorreu no Centro, a primeira semana é dedicada à orientação dos usuários sobre o uso do aplicativo e formas de pagamento.

Veja a laambança

Chega a ser irracional como  Veja teta emplacar Jair Bolsonaro (PL), descaradamente.

Nesta segunda-feira publicou pesquisa onde o  presidente aparece na frente  do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no estado de São Paulo, maior colégio eleitoral do país.

*

Na mostra, Bolsonaro tem 40,1% das intenções de voto contra 36,2% de Lula.

Agora, adivinhe que fez a pesquisa? O Instituto Paraná de Pesquisas, logo o estado do agronegócio. Que acredita?

Diesel acabando

Tire o pé do acelerador. Bolsonaro já avisou que o estoque de diesel no Brasil pode chegar ao fim em até 40 dias.

Crueldade com o Sebrae

O  ex-diretor presidente do Sebrae, Luiz Barretto Filho,  acusou o presidente Jair Bolsonaro de ter sido cruel com as micro e pequenas empresas desde o início de seu governo.

— Mas o abandono completo aconteceu durante a pandemia de Covid-19 -, disse Barreto.

Saudades do PT

Barreto Filho explicou que, mesmo antes da pandemia, as empresas de pequeno porte e os microempreendedores individuais (MEIs) passavam dificuldade devido ao desmonte de políticas implementadas pelo PT, tais como: apoio dos bancos públicos por meio de acesso a crédito a juros baixos, linhas especiais de crédito no BNDES e qualificação em municípios de baixo IDH.

*

Foi o Congresso, por exemplo, que criou o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), que, segundo o ex-diretor, embora tenha pontos positivos, foi insuficiente.

Juros mortais

O grande problema do Pronampe, explicou, é que ele começou com juro a 1,25% mais a Selic.

Como naquele tempo a Selic estava em torno de 2%, o juro inicial era 3,25%. Dois anos depois, o juro cresceu para 6% mais a Selic, que está em 13,25%, o que resulta em um juro de 19,25% ao ano.

*

E com um prazo de carência (para começar a pagar) de apenas 36 meses, depois ampliado para 48 meses.

— Significa que, num período de dois anos e meio, multiplicou por quase seis vezes o juro. Isso tornou praticamente impossível o acesso –, lamentou o  ex-diretor do Sebrae.

ÚLTIMA HORA

BOLSONARO ATACA CARTA PELA DEMOCRACIA

“Foi assinada por empresário mamíferos”. Abaixo-assinado já tem 640 mil assinaturas

O  presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar nesta segunda-feira manifestos a favor da democracia , organizados depois de ele reiterar ataques à Justiça Eleitoral. De acordo com Bolsonaro, os textos foram assinados por "empresários mamíferos", além de banqueiros e artistas.

— Esse manifesto aí foi assinado por banqueiros, artistas. Tem mais uma classe aí. E alguns empresários mamíferos", disse Bolsonaro, em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada.

*

Um abaixo-assinado organizado por juristas e pela Faculdade de Direito da USP em defesa da democracia, intitulado "Carta aos Brasileiros em Defesa do Estado Democrático de Direito", já conta com quase de 640 mil assinaturas, incluindo dez ex-ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

ORGULHO

Família de Marielli na inauguração da estátua que homenageia a vereadora assassinada

Símbolo de resistência, o punho esquerdo cerrado erguido no ar é a pose em que a ex-vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018 junto ao motorista Anderson Gomes, no Rio, foi retratada em uma estátua feita em sua homenagem. A obra, um monumento de bronze de 1,75m, em tamanho real, foi esculpida por ninguém menos que Edgar Duvivier, pai do humorista Gregório Duvivier, e foi inaugurada semana passada, no Buraco do Lume, das 17h às 20h, Praça Mario Lago, no Centro do Rio. O lugar onde vai ser posicionada é simbólico: é onde Marielle ia toda sexta-feira prestar contas para a população sobre a sua atuação enquanto vereadora e presidente da Comissão da Mulher da Câmara Municipal do Rio.Em 2021, o Instituto Marielle Franco abriu uma vaquinha virtual que teve cerca de 650 doações e levantou quase R$ 40 mil para pagar a obra de arte.

VERGONHA

A apresentadora Ana Maria Braga  se pronunciou na tarde desta segunda-feira, 1º,  sobre o vídeo de macaco, que exibido no matinal Mais Você, da Rede Globo, enquanto ela falava sobre o caso de racismo envolvendo Titi e Bless, filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, em uma praia em Portugal. Em uma publicação no Twitter, a global afirmou que o funcionário responsável pela exibição do VT foi demitido.

— Sobre o VT que entrou errado enquanto eu falava de um caso de racismo no meu programa: nós já investigamos e descobrimos quem foi a responsável pelo erro, é o tipo de erro imperdoável e, por isso, ela não faz mais parte da minha equipe –, escreveu Ana Maria.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.